quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Aumento da Passagem

A manchete veiculada no Jornal A Notícia, recentemente, “Prefeito garante tarifa de ônibus congelada nos próximos 2 anos” é um escárnio contra a inteligência do cidadão monlevadense.
Até pouco tempo, a Enscon cobrava a passagem no cartão a R$ 2,45 e em dinheiro a R$ 2,65. Cerca de 80% dos usuários pagam a passagem por meio do cartão.
Recentemente, foi aprovada na Câmara projeto de lei que desobriga a Enscon de manter a diferença de 5% entre o preço pago em dinheiro e no cartão.
Também, recentemente, a Enscon anunciou que em 90 dias não mais receberá o pagamento da passagem através do Real, moeda circulante na República Federativa do Brasil.
Eis então que a Enscon inverte a lógica de seu sistema de bilhetagem, extinguindo o meio de pagamento em dinheiro, mas unificando o preço da passagem  no valor desta que é o mais caro.
Assim, caso a Enscon, realmente, efetive seu delirante intento de não receber mais em Real, haverá sim aumento de passagem para os 80% dos usuários que pagavam no cartão, ou seja, para a grandíssima maioria.

Essa empresa debocha do povo monlevadense e parte da imprensa também.