quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Segunda Morte em 30 Dias


Nuvens pesadas pairam sobre a atual administração. É a segunda monlevadense que perde a vida em decorrência de obras do governo Teófilo Torres, em trinta dias. 
Em 07 de outubro passado, Luciana de Vasconcelos Rocha, de 32 anos, fazia caminhada na Avenida Wilson Alvarenga, no Bairro Baú, onde são instalados os receptores da ETE/Carneirinhos, quando foi atropelada. No momento do atropelamento, a pista de caminhada se encontrava ocupada por imensas manilhas empregadas na obra.
Mais recentemente, em 07 de novembro corrente, a cidadã Maria Araújo Nascimento também perdeu a vida num atropelamento. Desta vez, a morte ocorreu, na Avenida Armando Fajardo, no Bairro Loanda, onde o governo Teófilo Torres executa obra de recapeamento asfáltico, financiado pelo BDMG. No momento da tragédia, Maria Araújo atravessava um dos lados da avenida, encontrada, na ocasião, em situação de mão dupla em razão da obra de recapeamento, quando foi atropelada por uma Kombi, que, em situação normal, estaria na contramão de direção. 
Moradores do bairro denunciaram a falta de sinalização no local, a desorganização e a completa falta de informação por parte da Prefeitura em relação às alterações de tráfego ocorridas na avenida em decorrência das obras.