segunda-feira, 12 de junho de 2017

Ar Irrespirável no Centro de João Monlevade




A Organização Mundial da Saúde já classificou a fumaça de óleo diesel como substância cancerígena. 
O ar das avenidas centrais de João Monlevade, principalmente, da Wilson Alvarenga que concentra alto fluxo de caminhões e ônibus, encontra-se, muitas vezes, literalmente irrespirável. Em determinadas horas do dia, é impossível sentar à mesa de algum estabelecimento para, por exemplo, tomar um sorvete ou um café, diante das sucessivas rajadas de fumaça que além de cancerígena, irrita as vias aéreas e lança uma fuligem que acinzenta tudo. 
Existem muitos veículos desregulados circulando pela vias do Município. Muitos deles são ônibus da Enscon ou prestam serviço para a Prefeitura. 
É óbvio que num governo, altamente, influenciado pelo moreirismo não se precisa esperar por fiscalização neste caso, até porque se houver fiscalização séria fica difícil evaporar 22 milhões de reais como no caso de pretenso hospital Santa Madalena. Para o moreirismo fiscalização atrapalha e tira voto, o que é lamentável porque influencia, muito negativamente, na qualidade de vida no centro da cidade.