Na disputa do atual provedor do HM contra a AAHM, quem deve deixar o Hospital?

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

O Nível Cultural de uma Cidade pode ser Medido pela Quantidade de Quebra-Molas de suas Ruas



Já escrevi que o nível cultural de uma cidade pode ser medido pela quantidade de quebra-molas que existem em suas ruas: quanto mais atrasado o lugar, maiores e mais abundantes são os quebra-molas.
E a julgar  pelo tamanho dos quebra-molas que os Torres instalaram, recentemente, nas avenidas Wilson Alvarenga e Getúlio Vargas, descemos mais alguns degraus em nossa Escada Cultural.
A única política para o Trânsito que existe no Município é a instalação de quebra-molas. Em João Monlevade a matéria a Trânsito não é lecionada nas escolas, não existe fiscalização sobre os CFCs que, em grande maioria, apenas adestram o candidato a passar na prova do Detran e não formam motoristas, os fiscais de trânsito não atuam dentro de uma abordagem educativa e o Settran  não se faz uso da tecnologia. Já ouviram fala de Lombada Eletrônica?