Na disputa do atual provedor do HM contra a AAHM, quem deve deixar o Hospital?

quarta-feira, 2 de março de 2016

O Ouro e Minas

O Ouro é o Capital. Metade do ouro de Minas Gerais que coube a Portugal também coube à Inglaterra. Foi com o ouro de Minas que os ingleses acumularam capital suficiente para se aventurarem na Revolução Industrial, porque o ouro cobre o risco. 
No mundo capitalista, no final das contas, a única coisa que tem valor é o ouro. Em momentos de crises sistêmicas, todos se desfazem das moedas, dos títulos e das ações e correm para o ouro, o que explica o pico no preço do metal após a crise das hipotecas em 2008. E não tenha dúvida. Enquanto não se produzir ouro suficiente para cobrir o rombo hipotecário, o mundo não sairá da crise. O ouro é universal, indestrutível e incorrosível! Pode-se encontrar dificuldade em pagar o café com uma nota de cem reais no Nepal, por exemplo. Mas, uma pepita de ouro pagará café, almoço e três dias de estadia em Katmandu.  
As economias desenvolvidas possuem grandes reservas de ouro que funcionam como garantia em tempos de crise. São verdadeiros lastros econômicos. É a mensagem de que o tesouro banca o risco econômico, se for necessário. Afinal, em momentos de crise, todos correm para o Estado, até o mais liberal. 

Com o preço elevado do metal, verificaram-se novas corridas pelo ouro mundo afora, Alasca, Canadá, Peru, África, etc. Em Minas, nada! Tudo como antes no Quartel de Abrantes. O mineiro segue proibido de minerar o ouro. Se apurar de forma artesanal alguns gramas de ouro no aluvião é preso pelo Polícia Ambiental .
Enquanto isso, os grandes conglomerado de empresa, muitas delas multinacionais seguem explorando o ouro mineiro, sem a menor transparência na extração e com compensações pífias, levando toda a produção para países como a inveterada Inglaterra a fim de ser acumulado em forma de capital e bancar o risco das novas fronteiras do capitalismo naquele país. O ouro brasileiro não fica no Brasil para promover a solidez da economia. Como no Brasil-Colônia, ele é todo enviado ao estrangeiro para bancar o desenvolvimento econômico de outras nações. 
Ouro aspecto interessantíssimo do ouro que não pode deixar de ser mencionado é quanto a sua formação. No universo, o Ouro não foi criado com o Bigbang. O ouro é formado no interior de estrelas em colapso, cujas forças internas fazem com que outros elementos se fundam, atomicamente, em ouro. Por isso, ele é raro. 
Da próxima vez em que colocar um objeto de ouro nas mãos, saiba que aquilo já esteve no centro de uma estrela numa galáxia muito... muito distante.