Na disputa do atual provedor do HM contra a AAHM, quem deve deixar o Hospital?

quarta-feira, 18 de março de 2015

Improbo Inelegível já usa Rádio de Mensaleiro para Reeleger Fantasma

A rádio Cultura, de propriedade do ex-deputado Mauri Torres, já está em plena campanha para reeleger Teófilo Torres (BSDB). Segundo a narrativa do inelegível Carlos Moreira, o PT inventou a corrupção no Brasil.
O improbo Carlos Moreira só não usa o microfone para informar que o PT de Monlevade não tem escândalos de corrupção em seu currículo e que, muito pelo contrário, é o próprio Carlos Moreira que figura como grande protagonista de atos de malversações do dinheiro público no Município, nos últimos 14 anos, dentre eles a Farra do Lixo, o Santa Madalena, etc.
Teófilo Torres, também não se salva. Além de ser o único prefeito da história de João Monlevade a ser processado por ato de improbidade administrativa praticado antes tomar posse em seu mandato (caso do Fantasma de Nova Serrana), o atual prefeito também já coleciona outros processos, encontrando-se, inclusive, com os bens bloqueados pela Justiça.

E certamente a maior marca cravada por um episódio de corrupção fica com o ex-deputado Mauri Torres, dono da rádio, que por ter avalizado um cheque no valor 1 milhão de reais para a empresa SMP&B de Marcos Valério, consta da relação de nomes do Mensalão Tucano, o que faz do pai do prefeito o único mensaleiro da história política de João Monlevade.