quarta-feira, 17 de agosto de 2016

VOTO DE DESEMBARGADOR DESMENTE MOREIRA

Circula na internet vídeo de Carlos Moreira em que o ex-prefeito inelegível justifica que foi condenado no processo da UFOP por falha de sua defesa que teria “perdido prazo”.
Não foi o que fundamentou o relator da apelação interposta por Moreira naquele processo, o Eminente Desembargador Júlio César Lorens, que em seu voto assinalou:
Número da Apelação Criminal 1.0362.09.099843-0/00
Relator: Des.(a) Júlio César Lorens
Relator do Acordão: Des.(a) Júlio César Lorens
Data do Julgamento: 24/09/2013
Data da Publicação: 30/09/2013
[...]
Ademais, estou convencido de que a condenação não ocorreu por uma suposta falha na defesa, mas, sim, pelo convincente acervo probatório constante dos autos.
[...]
Em outras palavras, a condenação de Moreira naquele processo se deu mediante convincente acervo probatório, ou seja, por meio de prova documental robusta e não por falha de sua defesa como quer fazer crer neste momento eleitoral.