Na disputa do atual provedor do HM contra a AAHM, quem deve deixar o Hospital?

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Árvores da Alberto Lima: o Povo de Novo


Volto a repetir: sempre que o povo participa, ativamente, das questões de interesse coletivo, o que é o mais correto acontece.
Recentemente, o governo Teófilo Torres anunciou que submeteria a Avenida Alberto Lima, uma das vias de acesso ao sítio Xopotó, de propriedade de Mauri, pai do prefeito, a um processo de “revitalização”.120 palmeiras foram erradicadas do canteiro central da pista e tantas outras árvores também só não foram cortadas pela Prefeitura porque o povo protestou e fez vigília.
Agora, chegam as notícias de que a obra de revitalização da Avenida Alberto Lima parou e de que não há previsão para a instalação dos passeios públicos, como prometido. Ou seja, se o povo não tivesse protestado e impedido o corte daquelas árvores (foto), as mesmas teriam sido suprimidas em vão pela Prefeitura.