Na disputa do atual provedor do HM contra a AAHM, quem deve deixar o Hospital?

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Mittal ainda não chegou aos 80

Lakshmi  Niwas  Mittal, presidente (CEO) da indiana ArcelorMittal.

Diante do caderno especial que circula na edição de hoje do Jornal Notícia, intitulado "80 anos da Arcelomittal Monlevade", é preciso esclarecer que o indiano Lakshmi Mittal nasceu em 15 de junho de 1950 e tem  65 Anos de idade. Portanto, não poderia estar vivo em 1935, ano de inauguração da Usina. Assim, quem completa 80 anos é a Usina Barbanson-Monlevade e não a ArcelorMittal. Mittal está aqui desde 2006, ou seja, há somente 9 anos, apesar de longos e penosos. 
Além do Mais, se Mittal estivesse aqui há 80 anos, a Usina muito provavelmente já estaria fechada, em decorrência do esgotamento da Mina do Andrade. A qualidade extraordinária do Minério de Ferro extraído do Andrade é ponto chave na viabilidade da siderurgia no Município.
Foi, justamente, a era Mittal que inaugurou o processo de superexploração do Andrade, que, em momentos de pico, quadruplicou a produção da Mina, fazendo com que ela, pela primeira vez na história, deixasse de produzir, exclusivamente, para a Usina Monlevade. Hoje, a queda do preço do minério de ferro inviabiliza esse fenômeno. No entanto, os preços se recuperarão e a Mina voltará a ser superexplorada. Não se engane, cada carreta de minério de ferro que deixar a rica jazida da Mina do Andrade, representará uma corrida de gusa a menos na Usina Monlevade. ISSO e Mittal!