Na disputa do atual provedor do HM contra a AAHM, quem deve deixar o Hospital?

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Crescimento Econômico Descontrolado: Faca de Dois Gumes

Nos últimos meses, Monlevade tem apresentado indicadores de forte crescimento econômico. São empreendimentos imobiliários pipocando por várias regiões da cidade, novas lojas de comércio, novas revendas e concessionárias de veículos e etc. No entanto, parecemos estar diante de uma faca de dois gumes.Ou seja, o festejado crescimento de hoje pode representar a estagnação econômica de amanhã . A notória e incompreensível falta de interesse/sensibilidade da Administração Prandini para com o desenvolvimento econômico do município, certamente, comprometerá seu potencial de crescimento, futuramente. É imprescindível que o atual governo deixe de ser revel neste processo e passe a atuar nos setores econômicos, protagonizando, racionalmente, o crescimento da cidade. Sabemos que a atual situação financeira da prefeitura – fruto da irresponsabilidade e do gasto desenfrenhado de alguns - não permitirá a instalação da infra-estrutura pública mínima necessária a acolher os novos investimento na cidade e a perenizar a atual conjuntura de crescimento. Más, pelo menos, planejamento e regulamentação é um dever do governo, neste momento. Do contrário, chegará um momento, em que, dos efeitos do descontrolado crescimento de hoje e da falta de atuação do poder público municipal, emergirá um custo tão alto para a sociedade monlevadense que embaraçará as perspectivas de crescimento futuro.