quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Prandini não Veio mesmo à Trabalho

O mau estado em que se encontram a malha viária, os passeios públicos, a saúde e vários outros setores públicos do Município, por si, já denunciam que o governo Prandini vem trabalhando muito pouco. Como se não bastasse toda essa letargia, ultimamente, a administração Prandini tem se afastado ainda mais de seus deveres laborais para com a coisa pública, comprovando que, definitivamente, não veio mesmo à trabalho. A exemplo do que ocorreu com o catastrófico Código tributário, a atual gestão tem se valido, cada vez mais, de empresas terceirizadas para fazer tudo aquilo que o corpo técnico administrativo e o secretariado deveria fazer, mas não o faz. É empresa de prestação de marketing, de assessoria, de consultoria, de gestão, de planejamento estratégico e de tudo mais que pode ser pago com o dinheiro público e que Prandini e sua equipe não conseguem ou não querem fazer. Estamos pagando duas vezes por nada: a primeira, quando a Prefeitura oferece altos salários e gratificações para a turma prandinista e o resultado é este que aí está; a segunda, quando se contratam empresas para realizar o que a turma não consegue é o resultado é aquele que se viu com o Código Tributário.