quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Crise do Governo Prandini na Iminência Atingir o Povo

Más, o que mais espanta é a forma com a qual o prefeito e seu gabinete trataram a questão. Sem a menor cerimônia ou sensibilidade político-social, transferiram um problema que afeta milhares de cidadãos monlevadenses ao Conselho Municipal de Transporte, como se não tivessem nada com isso. Logo Prandini que se empenhou tanto na defesa do usuário do transporte coletivo através da AUTCOM. Se, realmente, houver aumento na tarifa do transporte coletivo, a triste previsão que fiz aqui no Monlewood, em 25 de junho, haverá se concretizado:

Quem Paga o Pato?

Parece que a irresponsabilidade fiscal do governo Prandini tem infligido um sacrifício desumano a vários e de forma escalonada. Primeiro foram os fornecedores e contratados, que, há meses, não são pagos pela Prefeitura. Agora, são os funcionários comissionados, que já estão com seus salários atrasados. Ou seja, foi-lhes alienada a dignidade de, pelo menos em tese, alimentar-se, vestir-se, pagar o aluguel, as contas e etc. Quem será o próximo? Será o Povo?